huge

Updates

A unha entalada
A unha descolou de todos os lados menos um dos cantos. Antes que houvesse um acidente pois já estava a começar a prender, aqui a habilidosa pegou numa tesoura e cuidadosamente cortou toda a unha solta.

Para proteger e porque estava farta de ver as caretas dos impressionaveis que reparavam no estado do dedo, resolvi pintar e o resultado foi:

DSC00058

As luzes enganaram-me fazendo pensar que o tom do azul era diferente - a ser substituido brevemente por um verniz do tipo Cadet Blue em nome do espírito de equipa no desafio de leitura a decorrer.

O meu brinquedo novo
Nem tudo são más notícias, e depois de muito bater a cabeça e pensar em estética vs funcionalidade e restantes restriçoes, na segunda fui comprar o meu tablet novo.

Estou super-hiper-mega satisfeita com ele. Alterna entre rede 3G e wi-fi automaticamente, desde que a rede wi-fi esteja definida, e avisa que existem redes disponíveis.

O rácio qualidade/preço é quase perfeito.

O desemprenho... bem... é considerado um dos melhores tablets androids do mercado (na vertente 7 polegadas) portanto nada a dizer sobre o assunto.

A nível de aplicativos de leitura, aldiko é o normal, a kindle app é fabulosa - é como ter um kindle fire, mas sem as restrições de país. Até já liguei a conta kindle à conta netgalley e transferi os meus ARC's *bliss*

O único senão foi tentar inserir o sim no tablet para descobrir que a slot era para micro sim. Lá voltei à loja, voltei a tirar senha, para ver o operador de loja agarrar no meu cartão, inserir na parte de trás do agrafador e CORTÁ-LO! Tah-dah, micro sim criado. Se eu soubesse tinha ficado em casa e usado uma tesoura. Quer dizer, eu sou um bocado desastrada, essa opção teria sido arriscada.

O brinquedo novo é o NEXUS 7, especialmente desenhado para o google play, e desde que o comprei que o levo para todo o lado.

Ó pra ele tão bonitinho :o)


google-nexus-7-xl
fake

Feriado é dia de...

....descanso para alguns.
... de preguiça para outros (sim, levantei-me ao meio-dia e não sinto remorso algum nisso)
... de vegetar no sofá - eu bem que queria, mas decidi-me por outra coisa
... de passear e aproveitar o sol lá fora.
... de vir para o centro comercial  - eu sou um deles, claro, mas tive as minhas razões. E não planeio cá ficar muito tempo. Mas faz-me um pouco de especie com um dia destes lá fora e o maralhal vem todo passear para o centro. Enfim.


O motivo que me trouxe ao centro: estou sem sinal de internet em casa. Não seria mau de resolver se...isso não implicasse estar sem telefone também. *suspiro* Enfim...vim aproveitar o free wireless, e daqui a pouco vou dar um pulinho na vodafone a ver se me conseguem registar a avaria técnica.

Já é a terceira vez num ano. Da maneira como o trabalho tem sido ultimamente, se repetem a gracinha habilitam-se a ter uma cliente que parece muito inocete e inofensiva, até começar a falar.
Tags: ,
werewolves

Sabes saltar à corda?

Ir ao ginásio em hora de ponta a.k.a período das 18:30-20:30 é das experiencias mais frustrasntes que se pode ter num ginásio - máquinas ocupadas, balneários congestionados, barulho, calor, e ambiente pesado de tanta gente a transpirar no mesmo espaço. Para além de que os estúdios principais (e com ar condicionado a funcionar) estão reservados para as aulas.

Portanto, a primeira coisa que fiz quando tive os dias de férias aprovados foi mandar um sms ao meu PT a dizer: Vou estar de férias, podemos treinar durante o dia.

Tão melhor. Tão mais calmo. Tanta coisa disponível.

E ele deu cabo de mim. A sério. Como se o que tinha planeado não fosse tortura suficiente, ao entrarmos no estúdio para a segunda ronda de exercícios ele vê a corda que alguém tinha deixado esquecida no chão e pergunta "sabes saltar à corda?".

*pausa*

Oras 1)Eu não saltava à corda desde os meus 10-12 anos e 2)Nunca fui muito boa a saltar à corda.

Nada como tentar. E não é que eu até sei saltar à corda? E não é que até salto melhor do que há 25 anos atrás?

Eu adoro aquele homem. A sério, as coisas que ele consegue por o meu corpo a fazer não deixam de me espantar. E hoje o pensamento de lhe atirar com qualquer coisa pesada nem sequer me passou pela cabeça. Também, uma hora de treino personalizado depois, incluindo duas rondas de saltar à corda, estava demasiado ocupada com estar sentada no chão, a arfar e a tentar não cair para o lado do esforço.
kiss

De vez em quando lá aparece um...

Há uns meses, ou melhor, anos atrás, andava eu com a mania de fazer um cooking blog - sim, mais um - e em conversa sobre o assunto, a mente brilhante do eolo aconselhou a fazê-lo não com base na comida em si, mas em mim e naquilo que causou a iguaria em si.  Sejamos honestos. O que faz um blog de cozinha/baking/bolos/livros/filmes/whatever destacar-se dos outros? As receitas? As fotos? Ou o que o autor escreve? Eu apenas posso falar sobre mim, mas não acho piadinha nenhuma apenas ler a receita das bolachas de chocolate com montes e montes de fotos - algumas, por sinal, de meter medo ao susto! OK, até talvez o leia, e faça a receita - mas nunca mais me vou lembrar dele, a não ser que o resultado seja algo de memorável, e mesmo assim, a probabilidade é que apenas lá vá para guardar a receita na drive e pronto, está feito!

Para ser seguido, tem de ter algo mais. Uma partilha quer de sabores quer de experiências, algo que nos faça voltar pelo prazer de ler.


Hoje, estava a correr a feed, quando deparei com o seguinte trecho num dos posts da comunidade de baking:


We've all heard the saying: “When life throws lemons at you, make lemonade.”
Or the
better one, “When life throws lemons at you, make orange juice and watch the world wonder how you did it.”
Or, the best one, “When life throws lemons at you, throw ‘em back and yell really loudly like a feral animal so your enemies will run away screaming in terror.”
Okay, I made that last one up.



Foi original o suficiente para me fazer espreitar o blog. Há quem diga que a curiosidade matou o gato, no meu caso fez-me ler o seguinte:



If you’re like me and spent your diaper days thinking you would grow up to be a Disney princess/character, you have probably long since experienced that moment when some well-meaning adult sat you down, looked you straight in your beaming bright baby eyes, and said one of the following:


Speech A: “Kid, let’s face it. Ariel was the daughter who ran away from her tyrannical sea king of a father who forbade his entire kingdom to sleep when she went missing, and then she ended up marrying a guy she “knew” for 48 hours and having a kid who ended up ditching them because all SHE wanted to do was go to the sea. Talk about a dysfunctional family…

Speech B:Belle never worked for that damn loaf of bread she was always singing about. And she was a victim of Stockholm’s syndrome. Does that sound like la vie en rose to you? Because if it does–well, in the words a hallucinogen-induced anthropomorphized talking candlestick…Be my guest.

Speech C:Aladdin–chronic liar. Rapunzel–societal recluse. Simba–unrealistic responsibility-shirker.Peter Pan–one big Freudian slip. Snow White, Sleeping Beauty, Cinderella–desperate damsels in distress fleeing from murderous pursuers and sought by princes with really, REALLY  overactive sets of lips.”
I WAS NOT INFORMED OF ANY OF THIS.

Okay, maybe a few times. But I wasn’t informed of it in a way that would’ve persuaded me to actually buyit. I mean, so fine–Disney movies admittedly have their share of issues. I mean really, really big and sometimes morally reprehensible issues. And I recognize that. But really, since when is everything perfect in life?



As fotos e as receitas parecem estar a combinar. Original quanto baste. Vou explorar


Nota: quotas retiradas de http://wallflourgirl.wordpress.com/2013/04/07/lemon-raspberry-squares/
  • Current Mood: tired tired
don't panic

O problema de querer fazer muitas coisas ao mesmo tempo...

É que acabo por perder mais tempo a pensar no que tenho/quero fazer do que a fazê-las. Resultado:milhares de projectos começados e nada acabado/continuado.

A minha lista de pendentes é enooooorme e não para de crescer - por vezes parece que tem vida própria.

Procrastinar + Falta de auto-controle + Entusiasmo pela novidade é uma péssima fórmula que tem feito cada vez mais parte do meu dia-a-dia.

Enfim...
Tags: ,
medusa

Gémeos que é Gémeos, muda de ideia 500 vezes.

Desde que matei o meu eReader - ainda dói cada vez que penso nisso - que vivo com a dúvida comprar eReader ou tablet.

O tablet ganhou.

Dúvida seguinte: wifi ou 3G - a resposta imediata seria wifi, no entanto, com a utilização que eu dou ao plafond do telemóvel mais vale escolher um tarifário mais económico para o telemóvel e por o 3G no tablet - ainda para mais a vodafone já vende o nexus, e ainda dá para usar os pontos, pacífico.

O sistema seria android, sem sombra de dúvida, não fosse um pikeno pormenor, o tamanho. Ao tentar decidir qual o melhor, passei pela vodafone para comparar 7'' com 10, apesar de 10 ser demasiado grande para o que eu queria e...pus os olhos nas 7.9'' do ipad mini... O desgraçado tem o tamanho perfeito. Perfeito para ler, perfeito para andar na mala, quem diz que o tamanho não importa é porque nunca teve um ipad mini na mão.

E agora? A guerra android vs apple não tem solução à vista, e chega a separar famílias... dá um novo alento à frase "oh my god, baby, you are in so much trouble"
werewolves

Assim é dificil desistir

Ontem na passadeira, e após 20 minutos de tortura de alternar entre corrida de baixa intensidade e subida acentuada, o gajo que me faz transpirar e que me ouve dizer a frase "não gosto de ti" pelo menos umas três vezes por sessão, virou-se para mim e disse "Qual é a frequência que costumas fazer130? Andas-te a poupar, como vês, 150 e estás bem"

Sim, estava. OK, eu até gosto de me poupar, a verdade é que dantes 135 e eu estava quase a cair para o lado. Sim, resulta. Mas não é nada fácil. Ontem acrescentei mais umas quantas máquinas à minha lista negra.

Mas em compensação, ele foi ter formação de fit box. Mais uns tempinhos e vou finalmente poder vingar-me :o)
Tags: ,
reading is sexy

Conversas de Leitura

Eu: Já pensaste em ler o The Abandoned? É uma prequela da série, tem apenas 78 paginas mas sempre dá para estares entretida enquanto não decidimos quando começar a discussão do próximo.

Ela: Eu sei que é uma prequela. Mas como foi publicada depois do The Profet tenho medo que tenha spoilers.

O_O

prequela vs spoilers

OK, se calhar sou eu que não sei o significado de prequela.